quarta-feira, 2 de outubro de 2013

A Magia Sexual - O Pilar Fundamental da Dominação Eônica para a Nova Ordem Mundial




Amigos:

O assunto que vou trazer agora é um desdobramento do que já publiquei nesse blog em: "Ai das Grávidas" e "Sacanofobia"

Vou lhes trazer mais abaixo o vídeo com a palestra da Dra. Damares Alves abordando: “A perversão de nossas crianças”. 

Antes realço que, como cristão gnóstico, não considero absolutamente que ser radicalmente contra essa ABOMINAÇÃO apontada pela Dra. Damares tenha que ser uma postura exclusiva ou preferencial de um "cristão", como parece sugerir em algum ponto a palestrante, e menos ainda que, para denuncia-la, devemos ter algum tipo, mesmo o menor que seja, de relação ou afinidade com as ideias e posturas dos “Felicianos-like” soltos por aí. 

A manipulação pervertida (num sentido amplo) da sexualidade é, nada menos, que o PILAR FUNDAMENTAL DA MAGIA SEXUAL NEGRA na estratégia de dominação dos Eões, senhores do Mundo, para implantar a Nova Ordem Mundial e é por isso que tal manipulação esta se tornando uma orquestrada política de ESTADO em todo o mundo (como bem mostra o vídeo). Forma-se assim um bando de zumbis lascivos e exacerbados, todos “pensando com o pélvis”  - com a energia vital kundalínica ali acumulada - não restando mais nada na cabeça e no coração; eis a massa ideal para ser manipulada, espremida - como um óleo viscoso e venenoso - e depois queimada em combustão fumarenta.

O significativo é que já se fala e denuncia muito sobre as estratégias políticas e econômicas que orientam essa manipulação global, mas pouco se elabora em relação ao aspecto mais fundamental dessa manipulação, sem o qual os demais seriam até mesmo inócuos. Desse modo se recebe livremente sem nenhuma análise e mesmo com aceitação a implantação da escravidão da “alma vital kundalínica humana” e a sua exploração pela manipulação e acumulação pélvica dessa energia. 

A inteligência eônica protegeu essa percepção de qualquer analise mais profunda com jargões midiáticos do tipo: “caretice”, moralismo e atraso. 

Mas, como me mostrou  recentemente um amigo, na sabedoria milenar da medicina taoista chinesa, sem precisarmos apelar para qualquer abstração comportamental e moral impositiva, encontramos a essência lógica, saudável e sábia do comedimento que, de resto, se vê (ou se via, porque hoje em dia não se esta vendo mais nada) no comportamento, na moralidade e na prática cultural e relig-iosa (original, sábia) de todos os povos, em todos os tempos, preservadas a um nível ritualístico e sacramental. 

Então (e só assim) de posse desse Conhecimento, dessa “gnósis do sexo”, podemos, em livre decisão, não mais reprimi-lo ou manipulá-lo magico-orgasmicamente quer para o “bem” quer para o “mal” como um “barato” para a consciência e os sentidos e um banquete para a preservação dos eões, mas sim inseri-lo no seu devido lugar (um lugar importante, mas não preponderante) no processo da manifestação, colocando-o SOB o sentido maior da vida e da espiritualidade. E é assim que o vemos manifestado abundantemente na natureza: realizado em ciclos, no seu devido tempo e ocasião e sob a sua poderosa, bela e elaborada ritualística de aproximação e acasalamento. 

Vejamos então, brevemente, um fundamento dessa gnósis:

Os RINS na visão da Medicina Tradicional Chinesa

Nessa milenar ciência/sabedoria os rins são o local de armazenamento da essência vital (jing), uma substância sutil responsável pelo crescimento, desenvolvimento, reprodução e fertilidade assim como a fonte de energia yin (masculino) e yang (feminino) para todos os outros órgãos. 

Os rins são a fonte do qi pré-natal, que é herdado dos pais e interpretado como a constituição inata de uma pessoa. Em última análise, a saúde e força dos rins é o fator determinante mais importante na vitalidade duradoura de uma pessoa e em sua longevidade.

Os sintomas de desequilíbrio nos rins incluem dores lombares, infertilidade, impotência ou desejo sexual excessivo, problemas urinários, fragilidade de ossos e dentes, zumbido ou surdez, edema ou asma.

Uma boa analogia para entender este qi é que, quando somos fecundados, "ganhamos geneticamente" uma "poupança de vitalidade" para usarmos ao longo da vida. Se, ao longo da vida retiramos pouco desta "poupança", evitando excessos e desperdícios e, ainda depositamos diariamente a "essência vital" abundante na natureza, a saúde e longevidade serão o prêmio. Mas, se a "esvaziamos" diariamente e, raramente repomos ou a enchemos, essa "poupança" vai se esgotando rapidamente e um desencarne doentio ou precoce pode ser esperado.




Por outro lado torna-se óbvio que na fase de crescimento, desenvolvimento, (infância e adolescência) precisamos dessa energia para a nossa formação física e mental e certamente desperdiça-la sexualmente será uma perniciosa anomalia. Assim também na maturidade e velhice as manifestações naturais sabiamente nos diminuem o desejo e a potência sexual para podermos usar o restante de nosso estoque de qi para recolhermos, em sabedoria e introspecção, os frutos da experiência plantada nessa existência. Mas a atual velhice Viagra contraria essa sábia tendência e, quem sabe, por isso a demência precoce mais e mais se manifesta. 

"Caminho Alternativo: NY-legaliza-rabinos-chupem-o-penis-de-bebes-judeus"
 "Pragmatismo Politico: Menina-8-anos-morre-lua-mel-marido-40"  
Essa MAGIA NEGRA PÉLVICA também vem encontrando um campo amplo nas religiões eônicas instituídas e isso se vê e se explica nos denunciados bacanais e na generalizada pedofilia e estupros por bispos e pastores, na polêmica recentemente discutida sobre a ortodoxia judaica ao “chupar” o pênis do bebe na circuncisão, como também na institucionalizada pedofilia muçulmana que recentemente resultou na morte por hemorragia de uma “esposa” de oito anos pelo estupro oficial de um “marido” de 40.

Só começar a falar sobre isso já é cutucar o âmago do mais profundo e bem sucedido segredo de manipulação dos Eões e a reação de seus, conscientes ou inconscientes, porta vozes será sempre radical. 

Se você não consegue ver essa manipulação eônica, em toda a sua perversão, na maciça e evidente propaganda da mídia principalmente: no comportamento dos ídolos, nos apresentadores “infantis”, na “música” e na “dança” dedicadas aos jovens e às crianças, estamos realmente em mundos diferentes e irreconciliáveis e não teremos mais nada de útil a conversarmos sobre isso e assim nos despedimos.


Mas se, por outro lado, conseguimos ainda enxergar, um pouco que seja, além da bruma densa desse embotamento, que também a nós afeta, mas que no entanto, não consegue nos obliterar totalmente, a indignação conjunta proveniente dessa observação se soma e desestabiliza a até então compacta e sórdida manifestação eônica de dominação sexual e começaremos assim pelo menos
preservando e protegendo a geração à qual ainda por laços de família ou algum outro tipo de relação forte temos alguma ascensão. E também poderemos, juntos, no calor da soma de nossas consciências observadoras, ir dissolvendo essa névoa fétida, tornando o seu óbvio veneno mais indigesto para muitos.


Eis agora o vídeo da Dra. Damares Alves - Prepare-se e Veja







Veja também: 

1-"O Jugo dos Eões - David Ike"
2-"Vergonha: OMS-ONU espalha cartilha para iniciação SEXUAL de BEBÊS recém-nascidos na Europa"
3-"Alunas dançam funk em salada de aula - "Trabalho escolar"



Paulo Azambuja