domingo, 29 de setembro de 2013

O Filho do Homem se Torna Filho de Deus

A GNÓSIS ETERNA
Amigos: 

Constantemente no FB me defronto com um movimento de ativismo ateu exibindo diversos cartazes com um mesmo teor. Hoje escolhi um deles para fazer um breve comentário.

Assim também recentemente tem surgido no FB artigos como esse: "HEBREUS AFIRMAM QUE JESUS NUNCA EXISTIU"

Sendo assim cabe-me perguntar:
Quem foi o Sr X que pronunciou: O sermão do monte, as parábolas, as bem aventuranças, o discurso aos fariseus, as profecias sobre o templo e as demais profecias, o Pai Nosso... (pois acredito que todos concordam, principalmente os materialistas, que esses textos não surgiram de geração espontânea).
Permita-me então por isso, se não for incômodo, escolher um nome mais significativo que Sr X?
Que tal chama-lo de Jesus, por exemplo? Posso?...





Embora certamente elaborada com outras intenções, essa figura ilustra na verdade o maravilhoso Arquétipo Sagrado, supra histórico, indicador do único - para todos os povos e épocas - processo de LIBERTAÇÃO humana. Os Arquétipos Sagrados Universais não são copiados (plagiados) por "conveniência de aceitação" de uma tradição sagrada gnóstica para outra, mas sim são reiterados, reafirmados...., sempre e sempre de novo.


Vejamos: 

O Filho do Homem se Torna Filho de Deus 

Nasceu a 25 de dezembro - O dia em que a Luz (representada pelo sol) volta a prevalecer sobre as trevas.
Indicado pela Estrela do Oriente - Origem, princípio, "lugar" do nascimento da Luz (representada pelo sol nascente).
De uma virgem - Da substância cósmica original - pura, imaculada.
Os três reis o adoram - O rei mente, o rei sentimento e o rei vontade - O rei Ego - se entrega ao Filho de Deus.
Faz milagres - Perdoa os “Pecados”, a “Harmatia” – o desvio da consciência original – Cura a consciência e, em consequência, o corpo.
O Professor aos 12 anos e seus 12 discípulos - Os manifestadores, da Boa Nova – o novo Corpus Christi, os novos e harmonizados 12 pares de nervos cranianos, manifestando a consciência da Kundaline Santa.  
Foi crucificado - A partir do solo da Terra ascende (eixo vertical da cruz) até chegar ao LIMITE, no encontro com a haste horizontal da vida de consciência humana atual. E aí então, pregado nessa intercessão - MORRE NA CRUZ.
Ressuscitou ao terceiro dia - Aí então a lagarta da evolução, pregada na crisálida da cruz, renasce em tríplice majestade - como o Filho de Deus – O novo Adão.

Esse é o Mistério impenetrável para muitos, mas que são pérolas para os que tem ouvidos para ouvir!

Paulo Azambuja

Quetzalcoatldeus Maia dos ventos e do Sol
Um dos mais notáveis​​ Salvadores 
crucificados do Mundo