sábado, 7 de setembro de 2013

Deixando a Falsa Luz Para Traz

"Vai, larga tudo o que tens e siga-me”
“Por que me chamais de 'bom'? 
Não há nenhum 'bom' sequer, todos se corromperam”


Amigos: 

As seguintes são, em resumo, as características fundamentais que fazem ímpar a atualidade da revelação do gnosticismo cristão. 

A primeira é a caracterização de que vivemos num mundo consciencial dual limitado - o Mundo da Morte de Jacob Boheme, o Mundo de Maya do Budismo, a Matrix numa caracterização mais contemporânea - e que esse mundo consciencial dual limitado não é e não se harmoniza com o mundo original, verdadeiramente Divino, da criação. 

A segunda é que há seres-consciência aqui vivendo que já se dão conta - em si mesmos - dessa limitação fundamental e que passam assim a anelar fundamentalmente por uma saída espiritual, uma Volta , uma Relig-ião, uma Libertação, uma Salvação. 

A terceira é que essa Volta à Casa do Pai do Filho Pródigo não é um processo linear de aperfeiçoamento e refinamento evolutivo, passo a passo, da e pela velha mas ainda vigente consciência limitada. Mas sim, ao contrário, uma ruptura descontínua a partir de um surto anímico fundamental que leva à auto percepção social, histórica, intelectual, psíquica, emocional e física do Limite desse nosso atual (individual, coletivo e planetário) estado de consciência. 

A quarta é que o anelado e difuso, mas categórico, Desejo de Salvação buscado por esses Seres-do-Limite tem que necessariamente ser intermediado por uma força cósmica do princípio ("Ninguém vai ao Pai senão por Mim”) que é o Verbo do Princípio, Aquele que Era É e Será. E que essa intermediação se faz pelo e no espaço consciencial vazio que o Ser-Limite anelante vai deixando cada vez mais disponível ao trabalho de transfiguração e ressurreição dessa Força Crística do Princípio.

E por fim, o quinto, o mais desconcertante para se saber. É que todo esse mundo consciencial dual é uma prisão planejada e orquestrada por seres-encosto (eões - tanto os “bons” quanto os “maus") que interferem no íntimo de nossa subconsciência tanto individual quanto coletiva de modo a postergar a existência desse status quo consciencial limitado, em seu benefício e na vampirização de nossas energias vitais. Fazem isso a partir de um plano muito bem elaborado de manipulação emocional, potencializando nosso medo e nosso atávico sentido de separatividade, de conquista e de posse. Isso esta muito bem posto no clip: "O Jugo dos Eões - Uma Entrevista de David Ike"

Todos estes aspectos já foram convenientemente abordados nas postagens, palestras e vídeos que constituem o conjunto do que disponibilizei até agora nesse blog.

Só conhecendo o conjunto destas abordagens, sua abrangência e suas implicações, individuais e coletivas, é que a Atualidade e a Urgência dessa fundamentação ficarão convenientemente esclarecidas. 

Dentre esses tópicos do blog destacamos nos hiperlinks no fim desse artigo alguns que são mais diretamente relacionados com o assunto que estamos agora abordando. 

Quanto ao quinto aspecto que destaquei acima trago agora a tradução que fiz de um recente artigo do americano, Cameron Day, que desde os seis anos tinha contato com "seres de luz" e que se tornou um canalizador e um curador energético profissional dentre tantos outros típicos veículos de cura e canalizações bem característico do movimento Nova Era americano.

Brian Kelly diz sobre esse artigo que:  “Nunca antes eu li um material que resume perfeitamente todas os incríveis equívocos de todo o fenômeno que envolve a questão luz vs trevas, bem vs o mal.”

Aqui neste blog, já em junho de 2010, divulguei um artigo sobre esse assunto : "O SEGREDO DO SAGRADO"

No início desse artigo digo: 

“Um dos mais destacados gnósticos cristãos, Valentino, já no século II abordava profundamente esse tema no seu tratado Pistis Sofia, do qual destaco o trecho abaixo que ilustra o quanto Sofia se iludiu com essa falsa luz antes de alcançar a verdadeira libertação (na 5ª Região): 

 "Brihadaranyaka Upanishad," in Yutang, L., ed. (1942).
The Wisdom of China and India, Modern Library, NY, Pg. 36
“E Sofia, olhando do alto, viu essa força leonina nas regiões inferiores [4ª Região] e não sabia que ela pertencia a Authades, antes pensou que ela pertencia à luz que viu nas asas do tesouro da luz, e ponderou consigo mesma: eu irei para a minha sizígia e seu lugar, para que tome a luz que os eões criaram para mim, afim de que, através dela, eu possa subir para a altura das alturas” 

Também Paulo, em Efésios 6 diz: 

“Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais [4ª Região].” 

Passemos agora então à tradução do artigo de Cameron Day: 

Por Que Não Sou Mais um “Trabalhador da Luz” 

24/08/2013, por: Cameron Day,Traduzido por: Paulo Azambuja

  • A Grande Farsa Vai se Desmascarando
Não, eu não me voltei para o lado escuro, mas ao invés eu estou transcendendo esses lados. Este artigo é provavelmente a peça mais importante que eu escrevi até hoje, e, a fim de transmitir a mensagem completa, um pouco de história de fundo é necessária. Junte-se a mim, e no final você vai entender porque eu nunca vou me chamar novamente um Trabalhador da Luz

O planeta Terra e muitos outros nesse nosso canto do universo tem estado sob um feitiço por muito tempo, um feitiço que lança dúvidas em nossas mentes sobre a existência ou não e se estamos conectados com a Fonte Infinita de toda a criação. Esse  feitiço faz  com que nos sintamos  sozinhos,  vulneráveis ​​e  isoladas - expulsos dos Reinos Celestiais - em um mundo cruel, um mundo cão. Essa magia é pura ficção, um engano da mais alta ordem, mas que se apoderou profundamente deste e de outros mundos. 

Intrínseca, dentro deste feitiço holográfico, é a noção de 
que a dualidade e a polaridade são aspectos naturais da vida e que devemos servir ou a um lado da dualidade ou ao outro. Esta referência dual tão elegantemente simples se tornou tão importante que perdemos de vista o maior feitiço holográfico que a gerou. Na verdade, perdemos de vista o holograma como um todo, e passamos a acreditar que é a soma das partes que compõe a realidade total. 

Os seres humanos foram condicionados a adorar o engano holográfico e os agentes que o perpetuam. Este holograma tem sido chamado de Maya pelos hindus, e os Gnósticos a ele se referem como o “Demiurgo Corrupto”. Acho essa uma descrição muito precisa, e desse ponto em diante vou me referir a ele como o demiurgo corrupto
  • Trevas vs (Falsa) Luz – a Dualidade do Demiurgo 
A fim de capturar e controlar o mais amplo espectro possível de almas, o demiurgo corrupto divide seus agentes em duas equipes aparentemente opostas: Trevas vs (Falsa) Luz

Nem todo mundo pode ser um santo, por isso deve haver espaço para os pecadores dentro do demiurgo, posto que todos os envolvidos estão sob o seu feitiço. O que mais importa para o demiurgo é que nós o adoremos ou a um de seus agentes, independentemente de serem eles da equipe da luz ou da equipe das trevas. 

Há muitos nomes dos atores dentro deste drama cósmico multidimensional e você não vai ter nenhuma dúvida em ter ouvido falar em: Lúcifer, Jeová, Belzebu, Arcanjo Miguel, Satanás (diferente do Lúcifer), Ashtar, dezenas de Arcontes anjos, supostamente "mestres" ascencionados e várias outras entidades canalizadas. 

Embora alguns desses seres joguem na equipe das trevas, e outros na equipe da (falsa) luz, todos eles estão, em última análise, jogando para o demiurgo corrupto que os controla. Isso, em essência, é o grande segredo dos arcontes: eles não são apenas os "maus, seres demoníacos", mas também aqueles que fingem ser anjos e mestres ascensionados.. 
  • Qual é o Objetivo de Todo Esse Controle? 
O reino do demiurgo corrupto é um sistema entrópico de separação de consciência artificialmente induzida. Ele está morrendo lentamente e é um sistema que depende da colheita de energia das almas encarnadas dentro dele a fim de preservar a sua existência. A fim de colher a maior quantidade de energia-alma possível, o demiurgo criou o paradigma da dualidade claro-escuro para garantir que cada ser encarnado em um mundo que está sob seu feitiço serviria como uma alma-bateria para ajudar a manter energizado o demiurgo. 

As "boas" almas irão procurar a equipe da (falsa) luz, e as almas "más" irão procurar a equipe das trevas, mas o que é desconhecido para a maioria dessas almas, é que elas estão todas servindo ao mesmo sistema. 

A fim de manter o jogo da dualidade interessante para os seus participantes, o demiurgo criou em seu “reino” distintas densidades de existência nas quais os iniciados nos caminhos escuro e claro poderiam ascender. Isto dá aos seres que se deslocam através destas densidades um sentimento de realização, quando na verdade estão navegando através de um labirinto de ilusão demiúrgica. [a Roda de Samsara

Os jogadores nos mais elevados níveis dessas hierarquias sabem que estão em um sistema de auto-serviço, mas eles se sentem muito bem com o negócio, porque para exercer o poder eles recebem a energia de adoração dos seres mais baixos da escada. 
  • E o que Dizer Sobre a “Hierarquia Espiritual”? 
A maioria dos seres canalizados afirmam estar afiliados à (falsa) luz desta "Hierarquia Espiritual", que inclui "arcanjos", "mestres ascensionados" e "ETs positivos." Estas mensagens canalizadas são um centavo em mil, e continuam mais e mais sendo derramadas a cada dia. 

O pequeno segredo sujo aqui é que esses seres estão em dívida com o demiurgo corrupto, e estão travando uma batalha psicológica sobre as pessoas que não querem ser associados a qualquer estrutura religiosa formal. 

Em outras palavras: a Nova Era é uma operação psicológica multidimensional projetada para canalizar a energia da alma dos "crentes" desses ensinamentos para os mestres ascensionados. 

Outro dos seus segredos é que a maioria dos chamados "mestres ascensos" na sua "hierarquia" nunca tiveram uma encarnação humana. Estes são seres incrivelmente enganosos que estão jogando um jogo, a fim de colher a energia de adoração. No universo real do “não-engano”, ninguém iria adorá-los, mas no ilusório "sub-universo" do demiurgo corrupto, eles são capazes de enganar as pessoas de bom coração para derramar energias de amor, devoção e louvor sobre eles. 

Quanto aos "arcontes-anjos" eles são mais ou menos da mesma categoria. Eles não estão alinhados com a fonte infinita de toda a criação, mas servem a um ser menor posando como o criador: o demiurgo corrupto. Portanto, eles não são o que eu de forma alguma chamaria de anjos. 

Em homenagem à natureza verdadeiramente ilusória desses seres, eu lhes dei um título novo e mais preciso: A mentir-arquia espiritual


  • O Lado Escuro Faz a Falsa Luz Parecer Boa 
As duas equipes tem que representar os seus respectivos papéis de forma convincente. 

A equipe das trevas realmente abraçou seu papel como vilã: uma escória pronta para matar, estuprar, torturar e fazer qualquer tipo de coisa depravada que possa produzir. 

O lado escuro é projetado para ser extremamente repugnante e é por isso que a maioria das "boas almas" vai correr para o outro lado da  polaridade,  direto  para   o abraço "amoroso" de uma das religiões patriarcais da falsa luz, ou para as religiões da “Nova-Era” com sua legião de canalizadores e "mestres". 

A Terra tem sido um planeta difícil para o demiurgo corrupto controlar totalmente. Os seres humanos foram originalmente muito conscientes da sua ligação à Fonte Infinita de Toda a Vida, e essa consciência tem sido mantida por indivíduos espirituais em todo o reino das trevas neste planeta. Como esta consciência original não pôde ser "jogada para fora de nós" pelas forças das trevas, um plano foi formado para cooptar a natureza espiritual dos seres humanos. 

No princípio as religiões patriarcais foram formadas e impostas a tantas pessoas do mundo quanto possível. Quem não aderia a uma das principais religiões era considerado um pária por boa parte da história. 

Foi assim até o sec. IX quando então que o "movimento Teosofista" nasceu, e estabeleceu as bases para o "movimento Nova Era" que surgiu nas décadas de 50, 60 e 70 do sec. XX. 

O Movimento Nova Era continuou a ganhar impulso, uma vez que tem atraído muitas das pessoas que se afastaram da hipocrisia das religiões patriarcais. 

O Demiurgo Corrupto parece ter uma resposta fácil para qualquer uma das agitações internas que os seres humanos experimentam. Se a religião convencional não serve mais para apaziguar um indivíduo, então a Nova Era o fara muito bem. É tudo a mesma coisa para o Demiurgo, contanto que sempre se escolha um lado, dos que ele controla. 

É por isso que precisamos transcender ambos os  lados ao mesmo tempo. 
  • Os Canalizadores Estão Sendo Enganados 
Se a religião pode ser tida como "o ópio das massas", então as mensagens canalizadas seriam o "ÓPIO da minoria descontente." 

Cada mensagem canalizada que vem da mentir-arquia espiritual é essencialmente a mesma quando você tira fora a conversa mole e história da linha que está sendo usada para envolver a mensagem. 

Aqui estão todas as mensagens canalizadas que eu já fiz, condensadas em poucas linhas: 

"Queridos, vocês são muito amados por todos nós no mundo espiritual do (mentiroso) Arconte. Nós desejamos nos reunir com vocês, porque somos a sua família há muito perdida. Permaneça forte e agarre-se a sua luz, porque nós vamos fazer a nossa presença em breve conhecida. Continuem esperando (e sofrendo) e anelando por nós para que venhamos salvá-los de sua situação. Quando chegarmos, vamos construir uma c idade de ouro para você sobre a terra". 

Eu costumava pensar que essa desinformação nauseabunda vinda dos "Arconte Anjo Michael", "Saint Germain", etc era o resultado da interferência do lado escuro assumindo os canais sem a sua consciência. 

O que eu não entendia quando escrevi "Quem está realmente neste canal" é que as transmissões de "seres verdadeiramente positivos" não estavam sendo interceptadas e corrompidas pelo lado negro, mas eram, sim, as mensagens que vinham diretamente dos seres da “falsa” luz " da mentir-arquia espiritual.
  • Os Trabalhadores da Luz estão sendo amplamente utilizados
Em 1998 quando comecei a trabalhar no gênero “limpeza de energia”, o termo "Trabalhador da Luz" não existia. Ele apareceu em algum momento no início dos anos 2000, e soou estranho para mim a primeira vez que o ouvi. Agora eu entendo o porque: porque a "luz" que estava tentando levar-nos a trabalhar era a falsa luz da dualidade demiúrgica! 

Há um enorme esforço em andamento por seres que eu agora chamo de "agentes divinos" para obliterar completamente o demiurgo corrupto. Quando isso acontecer, todos os seres que ganharam poder através do demiurgo vão perder esse poder roubado e terão de enfrentar os enganos que vieram propagando. Nenhum deles quer que isso aconteça e por isso, em sua inteligência, eles arquitetaram um plano brilhante para minar inteiramente todo esse esforço dos "agentes divinos". 

O plano era simples: Abordar todos os agentes divinos encarnados, geralmente quando em um estado de sonho, mas às vezes durante um cenário de "abdução por ET", e dizer-lhes que, a fim de cumprirem sua missão, eles precisavam "trabalhar para a luz (falsa)" sob as ordens da mentir-arquia espiritual. 

Este plano funcionou surpreendentemente bem, em grande parte porque os agentes divinos tiveram um tempo difícil a viver na Terra. As sociedades aqui são muito deformadas, a espiritualidade é distorcida e abusada, a densidade vibracional é pesada, nossas memórias são muitas vezes eliminadas, e nós geralmente preferíamos NÃO estar aqui. Assim, qualquer ser que emanasse a luz (a falsa luz) e amor poderia fazer um agente divino se sentir como se estivesse fazendo um contato válido com os seres verdadeiramente divinos. 

Eu ainda me lembro do meu próprio recrutamento pela falsa luz que ocorreu quando eu tinha 6 anos de idade em uma experiência extrema de sonho vívido. 

Eles me convenceram que eu estava cumprindo minha missão como agente divino trabalhando para eles. Eu acho que eles sempre souberam que eu iria desmascará-los, embora isso tenha demorado muito, muito tempo. 
  • Sempre Acorda mais Cansado do que Quando foi Dormir? 
Muitos agentes divinos que foram recrutados como trabalhadores da luz relatam que acordavam mais cansados do que quando foram para a cama, e que os seus "sonhos" estavam cheios de batalhas. 

Durante essas "missões de sonho", a mentir-arquia espiritual suga aqueles que controla de tanta energia quanto consiga. Você pode acordar com as memórias de ter estado em missões para combater a escuridão, mas o resultado final é que o seu corpo, mente e alma estão esgotados pela colheita de energia realizada pelos (falsos) seres de luz. 

Há alguns meses atrás eu revoguei TODOS os acordos feitos com e todos esses seres que não tinham meus melhores interesses em mente, não importa QUEM esses seres eram ou se diziam ser. Isso parecia uma coisa simples de se fazer, mas de alguma forma eu o tinha subestimado. Durante o processo, eu senti resistência dos seres que se afirmavam como positivos, mas eu permaneci forte e disse-lhes que me recusava a ser manipulado para dar energia para o demiurgo. 

Isto tem me dado o distinto privilégio de ser alvejado tanto pela equipe das trevas (me roendo os tornozelos) quanto pela equipe da (falsa) luz. A equipe da (falsa) luz, de fato, envolve-se em uma guerra psíquica só que de um modo diferente e mais sutil do que os seus irmãos das trevas. Deflexionar esses ataques tem valido a pena porque sei que estou mais alinhado com a minha verdadeira missão em colocar um fim ao demiurgo sem estar sendo desviado nas batalhas da dualidade. 

É também muito agradável saber que vou ter uma boa noite de sono quando for para a cama porque eu não estou indo para ser puxado para dentro dessas ridículas "missões para lutar contra as trevas" a que os (falsos) seres de luz estão tão interessados em atribuir aos seus "trabalhadores da luz." (Essa frase, na verdade, me assusta agora que sei de suas verdadeiras origens ...) 
  • O Que Dizer Sobre a Idade de (Gaiola de) Ouro? 
Os seres da falsa luz trabalhando para o demiurgo corrupto querem manter seu controle sobre a raça humana. Nossa energia de alma e nosso modo de viver em nossa gaiola atual aumenta os poderes do demiurgo e dos seres que o servem, e eles não vão desistir dessa energia facilmente. 

Estamos, neste momento, em uma luta pela nossa liberdade. A mentir-arquia espiritual quer nos dar a falsa opção de “mudança” movendo-nos de nossa gaiola atual, que já esta extremamente desconfortável, para uma outra com um estado de existência um pouco mais expandido, mas na qual ela continue firmemente no controle. 

Uma metáfora para descrever a nossa situação atual é que nós somos como um bando de galinhas comprimidas dentro de um pequeno, escuro, e mal cheiroso galinheiro. Aqueles que têm sido nossos criadores estão se preparando para deixar-nos fora da gaiola em uma grande área cercada onde seremos capazes de nos sentirmos um pouco mais livres, mas ainda dentro de seu controle. [Estão fazendo isso porque nas atuais mudanças cósmica aquarianas eles não mais podem controlar a situação atual.] 

Então esta é a maneira que encontraram de garantir que possam continuar a alimentarem-se das nossas energias, fazendo-nos sentir que somos livres, graças à bondade dos nossos criadores algozes. 

A mentir-arquia espiritual não quer que cresçamos por nossa própria conta em um lugar de auto-capacitação que irá permitir-nos simplesmente sair fora completamente de seu sistema de controle. 

É por isso que as mensagens canalizadas sutilmente enfraquecem as pessoas, fingindo que realmente lhes estão oferecendo uma solução de auto potencialização. Enquanto estivermos sentados e esperando por "mocinhos" que venham nos salvar, não vamos ser capazes de discernir quem realmente traz nossos melhores interesses de coração, nem vamos ser capazes de corrigir efetivamente os nossos problemas por nós mesmos. 
  • Soluções Para os Afligidos Pela Dualidade 
Então, como é que uma pessoa pode sair desse paradigma de dualidade? 

O primeiro passo é envolver os protocolos de sistema de auto-compensação e revogar os acordos que você fez com todos os seres que não têm seus melhores interesses em mente. 

Em seguida, revogar todos os acordos de ver a realidade em termos polarizados. Toda vez que você revogar acordos, certifique-se de recuperar sua energia, que tinha ido para eles. 

Em seguida, afirmar o seu compromisso de transcender os paradigmas de controle do demiurgo corrupto sem ser desviada por batalhas inúteis de polaridade. 

Eu também recomendo uma breve prática diária para revogar todos os acordos de experimentar dificuldades, limitações, relacionamentos ruins, problemas de saúde, problemas financeiros, disfunções familiares, e qualquer outra coisa em sua vida que envolva drenagem de energia. O número e a quantidade de acordos que temos inconscientemente assumido dentro dessa matriz de realidade falsa são verdadeiramente surpreendentes. Enquanto você prestar atenção aos acordos sutis e flagrantes que apontam para as barras invisíveis de sua prisão, você realmente vai achar que não há falta de acordos para ser revogada. 

Depois de se ter envolvido neste processo, você pode perceber menos "contato" dos seres de falsa luz, e você pode se sentir um pouco solitário até você se acostumar com as mudanças. 

Este é um bom momento para fortalecer a sua conexão com o seu próprio Eu Superior, com o núcleo da Terra e com o núcleo galáctico. Como você ajustar, você pode perceber melhor o sono e uma sensação de que você pode ver através de enganos disfarçados com positividade mais facilmente. 

As Forças da Verdadeira Luz Divina que existem fora do demiurgo corrupto não estão vinculadas à dinâmica dos lados esquerdo e direito do cérebro e às polaridades trevas-luz que definem o sub-universo demiúrgico. 

Isso significa que elas não vão se comunicar como uma voz soando em sua cabeça! Em vez disso, elas usam a "telepatia da alma" para emanar sentimentos, expressões arquetípicas e uma qualidade extremamente pura de luz que fala diretamente à sua alma. 

A diferença entre um ser da verdadeira Luz Divina e um dos seres da falsa luz do mentir-arquia espiritual é que a luz do primeiro é quente, envolvente, puro e incondicional amor, enquanto que a luz deste último é morna, penetrante de uma forma desconfortável, dominante e muitas vezes excessivamente masculina. A mentir-arquia espiritual é um grupo dominado por homens, e até mesmo as mulheres dentro de sua estrutura de poder têm uma energia muito masculina. 

Esta dominação-macho, é sem dúvida a causa do por que as estruturas religiosas sob a mentir-arquia espiritual têm  todas um deus macho dominador, e faz nenhuma menção a um abrangente criador feminino. 

Outra grande diferença entre os seres da falsa luz do demiurgo e os seres da Verdadeira Luz Divina é que estes estão alinhados a uma Fonte Infinita que é a Luz Divina que não é controladora, manipuladora, mandona ou julgadora de nenhum modo. 

A Fonte Infinita não irá impor uma agenda sobre você, ainda que vá apoiá-lo em sua missão escolhida para ajudar a desmantelar o demiurgo corrupto. A você não vai ser dada "voz de comando" pela infinita Fonte ou pelos seres da verdadeira Luz Divina que operam fora do demiurgo. 

Eles não vão enviar-lhes a intermináveis missões no seu tempo de sonho que envolvem drenagem de energia, e eles não vão pedir para vocês fazerem algo que vai resultar na perda de sua energia da alma, ao contrário dos impostores no Arconte mentiroso espiritual da falsa-luz. 

Os seres de verdadeira Luz Divina são suportivos​​, amorosos, carinhosos, e se preocupam com você como um indivíduo. Você não é apenas uma engrenagem de uma máquina para eles, pois eles entendem que você é um aspecto extremamente importante de uma criação intrinsecamente interligada. Eles têm o maior respeito por aqueles de nós que se oferecem para encarnar no "sistema da besta" do demiurgo corrupto, a fim de ajuda-los a desmantelá-lo por dentro. De fato, deve haver agentes divinos de trabalho, tanto dentro como fora do mundo do demiurgo corrupto, a fim de desmantelá-lo. 
  • O Discernimento é Vital 
Eu estarei escrevendo mais sobre este tema e suas muitas implicações. Nesse meio tempo, exorto-vos a aumentar drasticamente o ceticismo e afinar o seu discernimento. Aplique sua intuição e lógica a informação que você recebe, e se pergunte "qual é a agenda aqui?" Há de fato uma grande, multi-dimensional "conspiração" no trabalho neste planeta, que nos tira poder, empurrando-nos a um espectro da uma polaridade ou de outra. Qualquer pessoa pedindo-lhe para "escolher um lado", simplesmente não acordou para o fato de que ambos os lados são duas metades de uma mesma moeda, ambos controlados pelo demiurgo corrupto. 

Exorto-vos a discutir essas idéias com as pessoas próximas a você e procurar maneiras que você pode ter sido manipulados pela falsa luz no passado. Não é nada para se envergonhar - os seres de luz falsas são mentirosos incrivelmente habilidosos e manipuladores. 

A maioria de vocês que estão lendo este artigo  já foi escolhido para ser um agente divino encarnado com o objetivo de desmantelar o sistema de controle demiúrgico. Você já fez a sua escolha, e agora você precisa realizar a sua missão individual. A fim de fazer isso, é de vital importância cortar todos os laços com a falsa luz da mentir-arquia espiritual e levará algum tempo para recuperar energia e força, e se necessário, pergunte ao seu Eu Interior Divino para lhe revelar o que é que você precisa especificamente fazer. 

Estejam fortes na luz verdadeira da sua Infinita Fonte Divina interior. 

Com Amor 
Cameron Day 


***
E ainda mais:

A leitura de Carlos Castanheda foi um dos fatores que primeiro contribuiu em qualidade e profundidade para minha busca espiritual. 

Mas isso já faz bastante tempo. 

Agora recebi na minha linha de tempo um texto (hiperlink abaixo) selecionado por um amigo FB, João Cláudio Fontes, e que agora repasso, que me faz ver que esta na hora de uma releitura de Carlos Castanheda pois que, por esse texto, sua obra se mostra muito mais atual até de quando foi lançada.

Eis um extrato do que esta no artigo do blog referenciado: 

“Nós temos um predador que veio das profundezas do cosmos e assumiu o controle de nossas vidas. Os seres humanos são seus prisioneiros. O predador é nosso senhor e mestre. Nos faz dóceis e desamparados. Se queremos protestar, suprime nosso protesto. Se queremos agir independentemente, exige que não o façamos...

Realmente nós somos prisioneiros! Este era um fato energético para os feiticeiros de México antigo”...

Eles nos dominam porque somos comida para eles, e nos apertam impiedosamente porque somos seu sustento...

“Pense por um momento, e me diga como você explica a contradição entre a inteligência do homem engenheiro e a estupidez de seus sistemas de convicções, ou a estupidez de seu comportamento contraditório. Os feiticeiros acreditam que os predadores nos deram nosso sistema de crenças, nossas idéias de bem e mal, nossos costumes sociais. Foram eles que programaram nossas esperanças e expectativas e sonhos de sucesso ou fracasso. Eles nos deram ambição, ganância, e covardia. São os predadores que nos fazem complacentes, rotineiros, e egomaníacos”...

Ele explicou que os feiticeiros vêem as crianças como estranhas e luminosas bolas de energia, cobertas de cima a baixo com uma capa brilhante, algo como uma cobertura de plástico que é ajustada firmemente em cima de seu casulo de energia. Ele disse que aquela capa brilhante de consciência era o que os predadores consumiam, e que quando um ser humano alcançava a idade adulta, tudo que sobrava daquela capa brilhante de consciência era uma franja estreita que ia do chão ao topo dos dedos do pé. Aquela franja permitia ao gênero humano continuar vivendo, mas só de forma precária.”

[Aqui vai uma minha observação importante: Eis acima a explicação FUNDAMENTAL sobre a que a prática da pedofilia se refere]


Paulo Azambuja


Outras referências: